Postagens

Mostrando postagens de 2012

Metamorfose

Imagem
Uma gota. Outra gota. E mais uma. Então, várias.
      Absorta, encarava a chuva com tal fascínio que até parecia ser um acontecimento incrível. Introvertida, fechou os olhos e permitiu-se sentir. O aroma, o sabor, a textura, aquele chuvisco agradável que, mentalmente, penetrava seu corpo.
    Gotas. Gotas. Gota. Vento.
    Um sorriso manifestou-se numa expressão ingênua, singela.
    Passaram-se anos, mas eram apenas segundos. Com o vento, foram-se as dores, foram-se os lamentos.
       Ajeitou sua bengala, pegou seu livro, saiu. Era sua última tarde. Não a mais feliz. Porém, não a mais triste.



Texto por: Stephanie Santana.

Folhas ao chão.

Imagem
A brisa era suave, levemente fria. A chuva há pouco cessara, seu cheiro na terra se fazia bastante agradável. O outono se fazia presente nas folhas que caiam ao chão. Talvez um banho não fosse adequado, mas o que poderia fazer? Sua vontade era muito maior que o bom senso. Deixou suas coisas aos pés da maior árvore e entrou. Sentiu todo o seu corpo estremecer diante da água gelada.
       No fim, a temperatura não realmente importava. Seus pensamentos flutuavam no passado. Em sua mágoa. Suas lágrimas desoladas se misturavam à água doce e calma, acalmando sua tristeza.

        Ele a observava. Tinha-lhe seguido por toda a tarde. Observado suas ações cuidadosamente, calmamente. De alguma forma, ela não o tinha percebido. O sol estava à se pôr. Ele gostava de como aqueles últimos raios dourados cintilavam nos cabelos sedosos da garota, que flutuavam de forma esplêndida enquanto esta nadava.

       Por que tudo aquilo acontecera? Ela tinha vontade de fugir de tudo aquilo, mas sabia …