quinta-feira, 6 de abril de 2017

Lágrimas de Chuva

Fecho o olhos e respiro
Sinto-me a chuva
Enquanto ela avança só, perdida
Me noto à mercê de sentimentos
Não sei ao certo o porquê
Então, me torno o céu nublado
E me derreto aos poucos
Revelando sobre mim
Revelando o medo
Mesmo não tendo nada a temer
Desperto, assim, meio assustada
É só uma janela
Tenho coisas a fazer
Vislumbro as gotas no vidro
Respiro
Volto a viver

Autora: Stephanie Santana
Twitter: @stephaniedms

Nenhum comentário:

Postar um comentário